Brincadeira Infantil Escravos de Jó

Escravos de jó

Esta brincadeira de escravos de jó é mais uma daquelas clássicas do mundo infantil. Tudo mundo conhece e quem ainda não conheceu, irá conhecer!

E uma opção ótima para ensinar os pequenos.

Indicada para crianças com pelo menos 3 anos de idade, a diversão pode ser praticada em casa, na praça, no clube, no parque, na garagem, na calçada, no salão de festas, no salão de jogos, no condomínio, numa chácara, no jardim e em muitos outros lugares.

Esta atividade infantil é muito indicada para desenvolver e estimular diferentes habilidades e atitudes que são de extrema importância no crescimento e na educação das crianças, como por exemplo: a atenção, o foco, a concentração, o senso de regras, a cooperação, a vivência em grupo, a coordenação motora, a amizade, a linguagem, a memória, o ritmo, entre muitos outros.

Com quatro participantes ou mais munidos de pedrinhas (ou algum objeto do gênero), os jogadores poderão sentar em círculo. Cada um deles estará com uma pedra pequena, colher de café ou outro objeto pequeno, que será passado de um jogador para o outro em uma espécie de coreografia que vai e vem, seguindo sempre o ritmo da música deste jogo.

 Escravos de Jó:

Escravos de Jó jogavam caxangá (os participantes vão passando os objetos um para o outro, ou seja, para o próximo colega que estiver do lado direito, de maneira que cada um fique sempre com um só objeto).

Tira, (todos levantam o objeto que está em suas mãos)

põe, (colocam o objeto de volta no chão ou na mesa)

deixa ficar (apontam com o dedo para o objeto parado)

Guerreiros com guerreiros (voltam a passar o objeto para o colega à direita)

fazem zigue, (colocam o objeto em frente ao jogador da direita, mas sem soltá-lo)

zigue, (colocam o objeto em frente ao jogador da esquerda, mas não solta)

zá (colocam o objeto em frente ao jogador da direita, novamente)

Também é possível fazer a mesma coreografia com os jogadores em pé, usando no lugar do objeto, seus próprios pés. Outra opção é utilizar dois objetos. E também, para ensinar a criança os conceitos de dar e receber, usar seu brinquedo preferido como objeto.

Comentários