Brincadeira Infantil Mamãe Posso Ir

Mamãe posso ir

A brincadeira “Mamãe posso ir?” também na versão “Papai posso ir?” (para os meninos) é muito divertida e pode ser praticada por crianças com pelo menos 5 anos de idade, estimulando importantes habilidades como a noção de regras, a linguagem, a expressão, a linguagem corporal, o convívio com outras crianças, a coordenação motora, a criatividade, entre muitas outras.

Com no mínimo 3 participantes num espaço como o quintal de casa, o jardim, o clube, a praia, a garagem, a praça, o parque, o salão de jogos e de festas, a calçada, o condomínio residencial e outros ambientes, a diversão poderá começar!

E quanto às regras desta brincadeira?

As regras são bastante simples e fáceis, confira:

Antes de tudo, desenhe com um giz de lousa, duas linhas paralelas no chão com uma distância de aproximadamente 5 metros entre elas. O jogador selecionado para ser a “mamãe” ou então o “papai” ficará posicionado à frente de uma das duas linhas, porém de costas para o resto da equipe. Os demais jogadores ficarão todos enfileirados lado a lado sobre a outra linha. Um por um, eles tentarão chegar até a “mamãe” ou o “papai” recitando sempre, o seguinte diálogo:

– “Mamãe (ou papai), posso ir?” questiona o jogador.

– “Pode” (a mamãe ou papai responde).

– “Quantos passos?” questiona o jogador.

Então a mamãe ou papai seleciona o número e também o tipo de passo que o jogador deverá dar. Como por exemplo:

– “Dê dois, de passarinho”

O participante que questionou, então, dará apenas dois passinhos bem pequeninos (de passarinho) para frente. Se acaso forem ordenados passos de cachorro, o jogador terá que andar como os cachorros (de quatro). Se forem solicitados passos de elefante, o jogador deverá então dar passos bem grandes. Vence aquele participante que conseguir chegar primeiro até a mamãe ou o papai.

Uma dica para deixar esta brincadeira ainda mais disputada e muito mais difícil, é recomendar que o participante que lidera a jogada, no caso a mamãe ou o papai, também passarem comandos diferenciados, usando a criatividade, como por exemplo: ordenar que os jogadores deem alguns passos para trás, distanciando e dificultando sua chegada até ele.

Comentários